menu
QUEM SOMOS PORTIFÓLIO SOLUÇÕES INTEGRADAS GOVERNANÇA COMUNICAÇÃO CONTATO
Trabalhe Conosco   |    Colaboradores   |    Clientes   |    Fornecedores       

7 dicas úteis para melhorar seu foco mental



Permanecer focado na tarefa pode ser difícil, mas pode ser particularmente desafiador quando você está cercado por distração constante. No mundo sempre conectado de hoje, as diversões estão a apenas um clique de distância.

Mesmo durante momentos de silêncio, a distração está literalmente ao seu alcance enquanto você verifica suas notificações do Instagram ou as últimas atualizações de notícias.

A capacidade de se concentrar em algo em seu ambiente, e direcionar o esforço mental para isso, é fundamental para aprender coisas novas, alcançar objetivos e ter um bom desempenho em uma ampla variedade de situações.

Esteja você tentando terminar um relatório no trabalho ou competindo em uma maratona, sua capacidade de se concentrar pode significar a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Felizmente, o foco é muito parecido com um músculo mental. Quanto mais você trabalha para construí-lo, mais forte ele fica.

Melhorar seu foco mental é possível, mas isso não significa que seja sempre rápido e fácil. Se fosse simples, todos nós teríamos a concentração afiada de um atleta de elite.

Será necessário algum esforço real de sua parte e talvez você precise fazer algumas mudanças em alguns de seus hábitos diários. Aqui estão algumas dicas e truques da psicologia que podem ajudá-lo a desenvolver foco e concentração mental.

1. Avalie seu foco mental

Antes de começar a trabalhar para melhorar seu foco mental, você pode começar avaliando o quão forte é seu foco mental no momento presente.

Seu foco é bom se…

  • Você acha fácil ficar alerta
  • Você define metas e divide as tarefas em partes menores
  • Você faz pausas curtas e depois volta ao trabalho

Seu foco precisa trabalhar se…

  • Você sonha acordado regularmente
  • Você não pode desligar as distrações
  • Você perde o controle do seu progresso

Se o primeiro conjunto de afirmações parece mais com o seu estilo, então você provavelmente já tem boas habilidades de concentração, mas pode ficar ainda mais forte com um pouco de prática.

2. Elimine distrações

Uma maneira de lidar com isso é reservar um horário e local específicos e pedir para ser deixado sozinho por esse período de tempo. Outra alternativa é procurar um local calmo onde você saiba que poderá trabalhar sem ser incomodado. A biblioteca, uma sala privada em sua casa ou, até mesmo, um café tranquilo podem ser bons lugares para experimentar.

Nem todas as distrações vêm de fontes externas. Exaustão, preocupação, ansiedade, falta de motivação e outros distúrbios internos podem ser particularmente difíceis de evitar.

Algumas estratégias que você pode tentar minimizar ou eliminar essas distrações internas são garantir que você esteja bem descansado antes da tarefa e usar pensamentos e imagens positivas para combater a ansiedade e a preocupação. Se você perceber que sua mente está vagando em direção a pensamentos que o distraem, conscientemente traga seu foco de volta para a tarefa em mãos.

3. Limite seu foco

Fazer malabarismos com várias tarefas ao mesmo tempo pode reduzir drasticamente a produtividade e tornar muito mais difícil aprimorar os detalhes que são realmente importantes.

Os recursos de atenção são limitados, por isso, é importante orçamentá-los com sabedoria.

Pense na sua atenção como um holofote. Se você direcionar os holofotes para uma área específica, poderá ver as coisas com muita clareza. Se você tentar espalhar a mesma quantidade de luz por uma grande sala escura, poderá apenas vislumbrar os contornos sombrios.

Parte de melhorar seu foco mental é aproveitar, ao máximo, os recursos que você tem disponíveis. 

4. Viva o momento

É difícil manter o foco mental quando você está ruminando sobre o passado, se preocupando com o futuro ou desligando-se do momento presente por algum outro motivo.

Você, provavelmente, já ouviu as pessoas falarem sobre a importância de “estar presente”. Trata-se de deixar de lado as distrações, sejam elas físicas (seu celular) ou psicológicas (suas ansiedades), e estar totalmente engajado mentalmente no momento atual.

Essa noção de estar presente também é essencial para recapturar seu foco mental. Permanecer engajado no aqui e agora mantém sua atenção afiada e seus recursos mentais aprimorados nos detalhes que realmente importam, em um momento específico.

Pode levar algum tempo, mas trabalhe para aprender a realmente viver o momento. Você não pode mudar o passado e o futuro ainda não aconteceu, mas o que você faz hoje pode ajudá-lo a evitar a repetição de erros do passado e abrir caminho para um futuro mais bem-sucedido.

5. Pratique a atenção plena

Mindfulness é um tema forte no momento, e por boas razões. Apesar do fato de que as pessoas praticam formas de meditação da atenção plena há milhares de anos, seus muitos benefícios para a saúde só começaram a ser compreendidos recentemente.

Praticar a atenção plena pode envolver aprender a meditar, mas também pode ser tão simples quanto tentar um exercício de respiração profunda rápido e fácil.

Dica rápida para recuperar o foco:

Comece respirando profundamente várias vezes enquanto, realmente, se concentra em cada respiração. Quando você sentir que sua mente naturalmente começa a vagar, leve seu foco de volta para sua respiração profunda.

Embora isso possa parecer uma tarefa aparentemente simples, você pode achar que é, realmente, muito mais difícil do que parece. Felizmente, essa atividade de respiração é algo que você pode fazer em qualquer lugar e a qualquer hora. Eventualmente, você provavelmente descobrirá que fica mais fácil se desvencilhar de pensamentos intrusivos e retornar seu foco para onde ele pertence.

6. Faça uma pequena pausa

Você já tentou se concentrar na mesma coisa por um longo período? Depois de um tempo, seu foco começa a dispersar e fica cada vez mais difícil dedicar seus recursos mentais à tarefa. Não apenas isso, mas seu desempenho acaba sendo prejudicado.

As explicações tradicionais da psicologia sugerem que isso se deve ao esgotamento dos recursos de atenção, mas alguns pesquisadores acreditam que isso tem mais a ver com a tendência do cérebro de ignorar fontes de estimulação constante.

Pesquisadores descobriram que fazer pausas muito breves, mudando sua atenção para outro lugar, pode melhorar drasticamente o foco mental. 

Portanto, da próxima vez que você estiver trabalhando em uma tarefa prolongada, certifique-se de fazer uma pausa mental ocasional.

Mude sua atenção para algo não relacionado à tarefa em mãos, mesmo que seja apenas por alguns momentos. Esses breves momentos de descanso podem significar que você é capaz de manter seu foco mental afiado e seu desempenho alto quando realmente precisa.

7. Continue praticando

Construir seu foco mental não é algo que acontecerá da noite para o dia. Mesmo os atletas profissionais exigem bastante tempo e prática para fortalecer suas habilidades de concentração.

Um dos primeiros passos é reconhecer o impacto que a distração está causando em sua vida. Se você está lutando para atingir seus objetivos e se vê desviado por detalhes sem importância, é hora de começar a dar mais valor ao seu tempo.

Ao construir seu foco mental, você descobrirá que é capaz de realizar mais e se concentrar nas coisas da vida que realmente lhe trazem sucesso, alegria e satisfação.

Fonte:  https://www.verywellmind.com/

© Copyright - MKS - Todos os direitos reservados