menu
QUEM SOMOS PORTIFÓLIO SOLUÇÕES INTEGRADAS GOVERNANÇA COMUNICAÇÃO CONTATO
Trabalhe Conosco   |    Colaboradores   |    Clientes   |    Fornecedores       

Produtividade: comece a gerenciar a sua atenção e não o seu tempo



Vive-se numa cultura obcecada por produtividade. Depois de duas décadas estudando o tema, o professor Adam Grant, Ph.D. em psicologia organizacional pela Universidade de Michigan, garante que o gerenciamento do tempo não é uma solução para aumentar a produtividade, você deve gerenciar a sua atenção

Vive-se numa cultura obcecada por produtividade. E, quando se questiona como ser mais produtivo(a), muitas vezes a resposta é o gerenciamento de tempo; saber planejar melhor sua programação, pois, assim, alcançará o ápice da produtividade.

Gerenciamento de tempo é o ato de planejar e executar conscientemente a quantidade de tempo gasta com tarefas específicas. De acordo com um artigo publicado na Harvard Business Review, em 2019, pessoas produtivas

“planejam seu trabalho com base nas suas principais prioridades e depois agem com um objetivo definido. Eles desenvolvem técnicas eficientes para administrar volumes grandes de informações e tarefas. E eles entendem as necessidades dos seus colegas – por exemplo, reuniões mais curtas, comunicação responsiva e orientações claras”.

Mas depois de duas décadas estudando a produtividade, o professor Adam Grant, Ph.D. em psicologia organizacional pela Universidade de Michigan, garante que o gerenciamento do tempo não é uma solução para aumentar a produtividade; na verdade, ele é parte do problema.

Por que focar no gerenciamento de atenção?

O gerenciamento de atenção é a arte de focar em fazer as coisas pelas razões certas, nos lugares certos e nos momentos certos. Assim, a produtividade é alimentada pelo aumento de filtros de atenção que mantêm distante pensamentos distraídos ou não relacionados com a tarefa.

Muitas vezes, nossas lutas pela produtividade são causadas não por falta de eficiência, mas por falta de motivação. Se a produtividade é seu objetivo, você precisa confiar na força de vontade para se esforçar para realizar uma tarefa. Se você prestar atenção ao motivo pelo qual está empolgado com o projeto e quem se beneficiará dele, será naturalmente atraído por motivação intrínseca

Adam Grant

O que o psicólogo que dizer é que a maioria dos desafios de produtividade está em tarefas que você não quer fazer, mas que precisa ser feita. De acordo com um estudo realizado por Grant em uma loja de departamentos, quando os funcionários tinham uma tarefa altamente interessante, eles tinham uma ótima produtividade, porém, um desempenho pior nas tarefas mais chatas. Segundo o psicólogo, uma razão possível é o que ele chama de resíduo da atenção, ou seja, a mente continua voltando à atividade interessante, interrompendo o foco na atividade chata.

Portanto, a orientação do psicólogo é que, se você estiver tentando concluir uma atividade que considera chata, faça-a após uma tarefa relativamente interessante e deixe a atividade que você gosta de fazer para realizar por último.

Organize as tarefas na ordem que funciona para você

De acordo com Adam Grant, a produtividade é um misto de foco e criatividade. Porém, para haver o foco nas atividades, você precisa colocar de lado tudo que te distrai; e para haver a criatividade, normalmente, o pensamento tem que fluir, estar aberto para as ideias surgirem.

Mais, uma vez, não se trata de gerenciamento de tempo, afinal, você pode gastar a mesma quantidade de tempo nas tarefas, mesmo depois de reorganizar a sua agenda diária. É sobre gerenciamento de atenção: você precisa organizar e ajustar as tarefas na ordem que funciona para você.

Ou seja, se você é uma pessoa que funciona muito melhor no horário da manhã, deve fazer seu trabalho analítico cedo quando estiver em alerta máximo. As atividades que realiza com certa rotina, deixe para o horário do almoço; e as atividades que necessitam de um processo criativo podem ser melhor realizadas ao final da tarde ou à noite, quando é mais provável que você tenha pensamentos mais distraídos. Mas, se você é uma pessoa noturna, provavelmente, as tarefas criativas fluirão com mais produtividade durante a manhã, e as mais analíticas ao final da tarde ou à noite.

Outra orientação do psicólogo organizacional é planejar as tarefas conforme as atividades extras da semana que não dependem exclusivamente de você, para evitar ao máximo as interrupções de atenção. Nos dias em que você realiza reuniões e chamadas constantes, evite focar na produtividade, afinal, sua atenção será constantemente interrompida. Nos dias de produção de tarefas, você mantém a sua atenção em ser produtivo(a) e criativo(a), afinal, estará livre de distrações que interromperiam o fluxo.

“Se você está tentando ser mais produtivo(a), não analise como gasta seu tempo. Preste atenção ao que consome sua atenção”, conclui o psicólogo Adam Grant.

Para ler o artigo original completo, clique aqui.

© Copyright - MKS - Todos os direitos reservados